Sempre tive como foco levar a boa técnica e as melhores práticas aos alunos, clientes, colaboradores e dirigentes, de forma descomplicada e simples. Cada usuário deve receber informações adaptadas ao seu nível entendimento e formação. Um exemplo disso é o artigo abaixo que republico neste Blog.

As técnicas da Controladoria são muito úteis nos mais variádos negocios, e nas minhas aulas e treinamentos eu usava exemplos de aplicação da técnicas de Controle em padarias, em pequenos comércios e até em carrinhos de cachorro de quente. Afinal motivar e encantar clientes, ter controles ideais, ter metas e estratégias são elementos utilíssimos nas mais variadas empresas. Aliás, elas são úteis em todos os setores da vida.

Controladoria até na Padaria



Muitas empresas não possuem uma área formal de Controladoria. Então poderíamos falar que nessas empresas não é importante o estudo e o entendimento das funções da Controladoria ? Errado, o estudo da Controladoria é fundamental em qualquer organização e serviria até mesmo em uma padaria.

A função principal da Controladoria está implícita na própria palavra, ou seja a função principal é o controle, mas quais controles que deve a Controladoria focar?
Basicamente são 3 tipos de controles:

O primeiro diz respeito ao controle e proteção dos ativos e passivos da empresa. Essa função visa assegurar que todas as movimentações nas diversas contas ocorram segundo os melhores práticas contábeis e segundo normas vigentes da empresa.

O segundo tipo de controle diz respeito ao controle de gestão, esse controle envolve toda a parte de Orçamento   (Budget), Planejamento Estratégico, Estabelecimento de Metas, Controles e acompanhamentos de KPI´s ( Indicadores de Performance ) e utilização de ferramentas como por exemplo o Balanced Scored Card.

O terceiro tipo controle diz respeito ao controle legal e contábil que envolve toda a parte tributária, jurídica e contábil. Nessa função deve-se assegurar que seja obtido o melhor planejamento tributário, incluindo prevenção de contingências trabalhistas e não trabalhistas.

As necessidades de controle das empresas são similares no que diz respeito a certos aspectos que existem em praticamente todas as empresas. Por exemplo: pagamento de impostos, recolhimentos de encargos sociais, controles dos estoques, etc....

Mas existem algumas necessidades que são específicas e inerentes aos ramos de atividade de cada empresa. Por exemplo: em uma transportadora é muito importante os custos com manutenção, seguro e combustíveis da frota, já em um supermercado o controle de estoques é essencial.

Existem necessidades especificas de controle até mesmo em uma padaria ou em qualquer pequeno negocio.

Há alguns anos um aluno queria fazer um trabalho ( TCC) sobre controladoria de uma entidade beneficiente, uma ONG, e o professor responsável pela coordenação do TCC bloqueou a iniciativa. Considero essa decisão infeliz, pois o trabalho do aluno cobriria uma necessidade efetiva da Controladoria, onde existe carência de ferramentas de gestão e controle. Na realidade sistemas de gestão em ONG, em pequenas empresas de comércio e serviço, são tão importantes como os sistemas de gestão de grandes corporações. Afinal, grande parte da PIB do nosso país vêm das pequenas empresas e do setor de serviços.
Agora o por quê da afirmação Controladoria até na padaria? Costumo usar esse exemplo nas aulas. Uma aplicação clássica da Controladoria consiste em dividir as empresas em unidades de negócios  (UN) ou em inglês Strategic Business Unit ( SBU), e assim poder aferir resultados individualizados de cada UN. Nas padarias podemos ter uma clara visão das unidades de negócios. Destaco pelo menos três UN´s: a primeira diz respeito ao fornecimento de pão e leite, ou seja o trabalho mais básico da padaria; a segunda UN poderia ser a parte de confeitaria e a terceira diz respeito ao balcão, incluindo o fornecimento de lanches, sucos e bebidas. A identificação, controle  e planejamento dos investimentos, gastos, receitas e apuração de indicadores de cada UN, pode ser muito útil e propiciará tomadas de importantes decisões estratégicas para otimizar resultados e aumentar a satisfação dos clientes. Logicamente que as padarias não vão montar um sofisticado sistema de controle nem contratar um profissional da área contábil, mas seus donos e admistradores ao considerarem  os elementos de controle que a Controladoria proporciona, poderão em muito melhorarem a performance de seus negócios.

Conheço uma padaria que passou a explorar uma excelente nova unidade negocio, a qual proporcionava uma ótima rentabilidade. Essa padaria reservou uma área para oferecer sopas e pães, essa unidade se transformou num sucesso, e varias outras padarias passaram a seguir o exemplo e implementaram sistemas semelhantes.

Por isso, pequenos empresarios como donos de padarias, se tiverem  noção de Controladoria para gerir seus negocios, certamente poderão chegar bem mais longe administrando melhor suas empresas.