O GRUPO CONTÁBIL

O grupo contábil processa transações para suportar a operação do negócio. O grupo deve dispor de um conjunto de funcionários bem preparados e capazes de liderar os processos relativos à gestão contábil. É requerido ao grupo capacidade de interagir com sistemas integrados, conhecimentos atualizados das normas contábeis e estar com os trabalhos em dia e com os processos requeridos executados com eficácia.

A Ética deve pautar o comportamento dos profissionais da Controladoria. A empresa deve definir como ela vê o papel da Controladoria dentro da organização.

Responsabilidades da Função Contábil

Há algumas décadas a contabilidade se prestava basicamente para avaliação dos estoques e para reportar contas contábeis, como por exemplo: Contas a Receber, Caixa, Ativos Fixos, etc.  Mas com o passar do tempo a função contábil incorporou a função gerencial, que implica no suporte para tomada de decisões e no controle e melhoria contÍnua do negócio. Ainda atualmente passou a contabilidade a incorporar, principalmente em empresas pequenas novas responsabilidades como:

·         Serviços Computadorizados que dentre outras funções implica em assegurar eficácia na utilização dos sistemas integrados;

·         Auditoria operacional, auditoria de parecer de balanço e auditoria de impóstos;

·         Gestão ou participação destacada no uso de ferramentas de otimização de processos e planejamento. Como por exemplo: Custos da Qualidade e Balanced Score Card.

 

 

Uma das piores coisas que pode ocorrer numa empresa é um sistema integrado mostrar uma coisa e a realidade ser outra. Isso ocorre com frequência na área de estoques e em muitas outras. Para evitar esse tipo de problema o registro no sistema deve ser em real time, ou seja no momento em que ocorre de fato a transação.

 

Quando Gerentes e Diretores querem manipular dados contábeis

Por ser a contabilidade a área que deve registrar dados que atestem a saúde financeira e econômica da empresa, ela está passiva de receber influência de gerentes e diretores visando influenciar ou maquiar resultados, de forma a mostrar a coisa melhor do que éla realmente ocorre. 

Existe forte preocupação em como a ética determina o comportamento dos profissionais de contabilidade, e como o staff da Controladoria vê o seu papel dentro da organização.

Impacto das Mudanças no ambiente dos Negócios nas funções da Contabilidade

Anderson e Bragg (2004:3) ressaltam que a multiplicidade das mudanças no ambiente dos negócios tem alterado o papel da função da Controladoria. Uma mudança diz respeito às funções relativas aos serviços computadorizados. Nas grandes empresas essa função não diz respeito à Controladoria. O conhecimento e o envolvimento do Controller nos assuntos relativos a sistemas computadorizados é de fundamental importância, tenha ele responsabilidade direta ou não sobre tal área.

Adicionalmente ao processamento das transações contábeis cresce a importância da análise da Controladoria com relação a temas ligados à competitividade e rentabilidade. Atividades como análise de preços e de margens por produto, por cliente e por região ganham importância.

Determinação e revisão contínua de custos planejados de novos produtos o que dará alguns elementos como:

ü  visão futura dos custos através de planejamentos, simulações e estudos detalhados.

ü  relato e análise de custos não relacionados a produtos.

ü  controle contábil de operações terceirizadas.

ü  gestão contábil financeira de um grande número de contratos.

Esses elementos envolvem processos para as quais a contabilidade atual deve assegurar registros e controles eficazes.

O staff contábil precisa agora saber como selecionar, implementar e operar softwares contábeis. Os sistemas contábeis são as ferramentas que a contabilidade dispõe para registrar e controlar os deversos dados contábeis. Mas sistemas são um meio e não o fim. Muitas empresas confundem isso e passam a gerir seus negócios em função dos sistemas integrados. Por outro lado, empresas investem fortunas em sistemas como SAP,  J.Edwards, TOTVS e Datasul, Microsiga e outros, mas não raro os usam de forma incompleta e inadequada.

A figura do Key User, ou usuário chave é fundamental para o sucesso na utilização dos sistemas. O Key User será um multiplicador dos conhecimentos das funcionalidades do sistema. 




Este é um trecho do 
eBook Papo de Controller ( com mais de 200 folhas )

Para saber mais sobre o eBook clique abaixo

eBook PAPO DE CONTROLLER