A origem da Matriz BCG ocorreu no início de 1970 com o Boston Consulting Group. A matriz BCG foi reconhecida como um método claro e simples para ajudar as empresas a decidir em quais partes de seu negócio devem alocar recursos. A Matriz de Boston também é uma boa ferramenta para decidir sobre onde aplicar recursos finitos incluindo dinheiro, pessoas, tempo e equipamentos.


A taxa de crescimento e a participação relativa no mercado  desempenham papel importante na matriz BCG. Portanto, estes dois são os fatores mais importantes a se considerar pelas organizações quando preparam o planejamento estratégico.

Usando a abordagem de portfólio de produtos da matriz BCG  a empresa classifica todas as suas unidades de negócio ou produtos / mercados em função do crescimento-Share Matrix, de forma que eles sejam classificados em cada um dos quatro quadrantes da matriz.
As quatro categorias em que os produtos devem ser classificadas na matriz BCG são as seguintes:


A. Estrela: São produtos que desfrutam de uma alta participação em um mercado com alto crescimento. Normalmente eles sempre exigem investimentos pesados ​​para financiar o crescimento e para manter participação no mercado. Quando o produto chega a um estágio maduro e com crescimento mais lento, eles passam a ser classificados como vaca leiteira. 

B. Vacas leiteiras: São vacas de dinheiro com crescimento baixo, mas com elevada  participação de mercado, normalmente são líderes de mercado. Para esses produtos se manterem nas posições que ocupam pouco investimento é requerido.  Eles são o provedores de caixa, e o excedente de caixa que geram são utilizados para pesquisa  e desenvolvimento, bem como para apoiar outras unidades que necessitam de investimentos. 

C. Pontos de interrogação: São produtos de um mercado em crescimento mas com baixa participação. Esses produtos exigem um monte de investimentos para manterem sua participação,  e muito mais ainda para expandir a participação. Se nada for feito para aumentar a particpação de mercado, um ponto de interrogação simplesmente pode absorver grande quantidade de dinheiro no curto prazo e, posteriormente, e mesmo assim o crescimento pode continuar lento, se tornando assim um cão. Por isso, a menos que algo seja feito para mudar sua perspectiva, torna-se uma armadilha e potencial fonte para perda de dinheiro.

A gestão deve decidir em quais pontos de interrogação deverá investir para transformar em estrela e quais devem ser descontinuados ou vendidos antes de se tornarem cães.

D. Cães: Cães são produtos com crescimentos baixos, e com baixa participação de mercado. Eles podem gerar caixa suficiente para se manterem, mas não são grandes geradores de caixa.
Na maioria das vezes, pode-se ser eliminar ou vender os cães, ou ainda tentar fazem com que passem a ser pontos de interrogação. Normalmente não se investe em produtos classificados nessa categoria. 







A classificação baseia-se no Market Share e na taxa de crescimento. Cada categoria representam Uma breve discussão vem a seguir: 


Taxa de crescimento do mercado e participação de mercado relativa desempenhar papel importante na matriz BCG . Taxa de crescimento do mercado é a medida da atratividade da indústria e de ações de mercado relativa é a medida da vantagem competitiva.Portanto, estes dois são fatores mais importantes a considerar as organizações de rentabilidade e planejamento estratégico. 

Embora tenha algumas limitações, a matriz BCG é uma ferramenta muito eficaz para visualizar uma carteira de negócios da empresa de uma forma prática. Sendo muito útil para o processo decisório de como e em que produtos investir. 



Referência: 
1. Princípio de Marketing por Kotler e Armstrong (International 10th Edition)