CAPEX e OPEX

Cada um desses dois termos representam são composições de duas outras palavras em inglês.

CAPEX vem de CApital EXpendure e 
OPEX vem OPerational EXpenses.

Os termos são explicados a seguir:


Em https://corporatefinanceinstitute.com/resources/knowledge/modeling/how-to-calculate-capex-formula/   encontramos: 


"CapEx (abreviação de investimentos ) é o dinheiro investido por uma empresa na aquisição, manutenção ou melhoria de ativos fixos, como propriedades, prédios, fábricas, equipamentos e tecnologia.


Fórmula CapEx

A fórmula do CapEx da demonstração de resultados e do balanço é:

CapEx = imobilizado (período atual) - imobilizado (período anterior) + depreciação (período atual)


Essa fórmula é derivada da lógica de que o imobilizado do período atual no balanço patrimonial é igual ao imobilizado do período anterior mais despesas de capital menos depreciação." 




Recentemente um diretor de uma empresa produtora de bens de capital me perguntou o queriam dizer como: Estamos aguardando liberação do CAPEX para lhe mandar pedidos.


O EX da palavra CAPEX deriva de expenditure que significa gastos. Em uma empresa os gastos quando ocorrem em função de investimentos são classificados como CAPEX, mas se os gastos ocorrerem devido a operação da empresa, como no caso de despesas de manutenção, tais gastos são classificados como OPEX que significa Operating Expenses,  Vejam a figura abaixo:






Vejam também o chart abaixo com as principais diferenças entre CAPEX e OPEX


Fonte da tabela acima: https://www.2ndwatch.com/blog/cloud-computing-shift-from-capex-to-opex/


Isso significa que a empresa aguarda autorização para efetuar um potencial investimento previsto no Plano de Investimentos, todavia ainda não liberado.


É comum que os CAPEX sejam detalhados por projetos os quais são liberados um a um.


Uma vez liberado algum projeto previsto no CAPEX deve-se elaborar um projeto e monitorar cada cada etapa.   O Acompanhamento entre os investimentos previstos e os gastos reais deve ser feito de forma criterioso. Na boas empresas as mínimas diferenças precisam ser justificadas.


Exemplos de CAPEX  Fonte: https://www.accountingtools.com/articles/examples-of-capital-expenditures.html


Um dispêndio de capital refere-se à despesa de fundos para um ativo que se espera que forneça utilidade a um negócio por mais de um período de relatório. Exemplos de gastos de capital são os seguintes:

  • Edifícios (incluindo custos subsequentes que prolongam a vida útil de um edifício)
  • Equipamento computador
  • Equipamento de escritório
  • Móveis e utensílios (incluindo o custo de mobília que é agregado e tratado como uma única unidade, como um grupo de mesas)
  • Ativos intangíveis (como uma licença ou patente de táxi comprada)
  • Terra (incluindo o custo de modernizar a terra, como o custo de um sistema de irrigação ou de um estacionamento)
  • Maquinário (incluindo os custos necessários para levar o equipamento ao local pretendido e ao uso pretendido)
  • Programas
  • Veículos

Um gasto é registrado como despesa conforme 

IAS 16 / CPC 27 - Ativos Imobilizados

Imobilizações em andamento deverão ser contabilizados em conta específica

Vejam abaixo texto extraído de http://www.iob.com.br/noticiadb.asp?area=contabil&noticia=86632

Contabilidade - Imobilizado em andamento

Publicado em 14/04/2008 08:41

Na conta que registra a imobilização em andamento serão lançados todos os gastos relativos à obra (materiais, mão-de-obra e respectivos encargos sociais etc).

Segue exemplo de registro contábil dos gastos incorridos na construção de um determinado imóvel que comporá o Ativo Permanente.
Registro de gastos incorridos com a obra:

D - Construções em Andamento (AP - Imobilizado)


C - Caixa ou Bancos Conta Movimento (AC)

R$ 10.000,00


Concluída a obra, o saldo da conta “Construções em Andamento” será transferido para a conta definitiva do Ativo Imobilizado.

AC = Ativo Circulante
AP = Ativo Permanente

OPEX


Fonte: https://www.business-case-analysis.com/operating-expenses.html


A maioria das despesas rotineiras nos negócios são "despesas operacionais". As empresas planejam, autorizam e orçam OPEX de maneira diferente das despesas de capital.

O que é uma despesa operacional?

Nos negócios, o termo despesa operacional ( OPEX ) aparece em orçamentos e gastos, mas também como um termo de demonstração de resultados em contabilidade financeira.

Em resumo, "despesas operacionais" incluem a maioria das despesas para operar a linha de negócios usual da empresa - despesas que não são despesas de capital. As despesas operacionais não resultam em ativos de capital. Em vez disso, eles servem inteiramente para - não surpreendentemente - "operar" os negócios. Os contadores calculam "lucros" subtraindo as despesas do período das receitas recebidas do período.

Explicando despesas operacionais em contexto

Este artigo define e explica as Despesas operacionais em contexto com termos e conceitos relacionados, com foco em três temas:


  • Primeiro, Despesas operacionais uma categoria de despesa nos relatórios financeiros, especialmente para a demonstração de resultados.
  • Segundo, o papel das despesas operacionais na criação de economia de impostos para as empresas que pagam impostos sobre o lucro operacional.
  • Terceiro, usando o conceito Despesa Operacional no orçamento e no planejamento de gastos.





Vejam também:


Planilha para Apoio na Gestão de Indicadores de Projetos