Estilos de comando / Liderança e competência ou medo e obediência



A motivação dos colaboradores está altamente relacionada à capacidade de envolvimento e comando do líder. Existem basicamente dois tipos de comando:

- o primeiro é baseado no medo e obediência e dificilmente consegue motivar e obter comprometimento dos funcionários. O comando baseado na autoridade frequentemente lança mão de instrumentos como medo e intimidação. Infelizmente esse estilo de comando ainda impera. Chefes autoritários estão mais preocupados em se manterem nos seus postos do que em buscarem vôos mais altos. Uma avaliação eficiente dificilmente qualificaria esses profissionais para os cargos que ocupam. Esse tipo de chefe nunca forma sucessores, além disso, frequentemente procuram inibir iniciativas que mostrariam a eficiência dos seus comandados.

- o segundo estilo de comando é baseado liderança e competência, quando ocorre tende a proporcionar os melhores ambientes e resultados em suas áreas. O comando baseado em liderança requer um ambiente de respeito, admiração e competência.

Um estilo de comando baseado na liderança e voltado ao desenvolvimento de seus funcionários é elemento chave para o sucesso das equipes de trabalho. Para o funcionário a empresa ideal é aquela onde uma saída de um gerente pode ser reposta mediante uma serie de promoções internas, resultando assim, na admissão de um estagiário ou auxiliar do menor nível, possibilitando uma ampla mobilidade na estrutura hierárquica da empresa.

Empresas que vão buscar no mercado a maioria de seus gerentes e diretores, demonstram incapacidade para aproveitamento dos potenciais existentes, ou estruturas despreparadas que não formam sucessores, sendo conseqüentemente mal gerenciadas. O ideal seria que uma parcela dos gestores da empresa fossem desenvolvidos internamente, desta forma estilos de comando poderiam ser melhor monitorados e trabalhados