Muitos gestores de empresas não sabe nem o significado do termo. Mas o working Capital é um desses termos em inglês que a tradução não é tão forte quanto ao termo no idioma original.
Mas, traduzindo literalmente temos "capital de trabalho" ou capital trabalhando, fica melhor se usarmos o termos capital de giro, ou capital líquido.

O termo engloba os grupos que são os maiores responsáveis pelo capital de giro da empresa a saber:

- Contas a Receber 

É o grupo onde entram todos os títulos a receber da empresa. O ideal é que haja um equilíbrio entre o Contas a Receber e o Contas a Pagar. Esses dois itens são medidos em dias, e para o Contas a Receber, quanto maior for o prazo médio de recebimento ( em dias ), pior para a empresa. Mas, pior ainda é ter um prazo médio de recebimento das vendas muito maior que o prazo médio de pagamento das compras. A gestão do contas a receber precisa ser rígida e empresas que costumam considerar o prazo de recebimento como uma questão passiva de negociação comercial pode ter problemas.O ideal é que haja uma política de vendas bem definida, e que não sejam abertas concessões que impliquem em prazos adicionais de pagamento.
A gestão do contas a receber também requer um bom controle de crédito e o contato e cobrança ágeis para o caso de atraso de pagamento. O prazo de recebimento deve ser calculado para todos os clientes e também cliente por cliente.

- Contas a Pagar

As compras devem ocorrer com prazo de pagamento superior ao de recebimento. Isso fará com que não haja um resultado negativo no confronto dos prazos de recebimento das vendas com os prazos de pagamentos das compras. Deve-se negociar com fornecedores os prazos de pagamento mais longo possíveis, mas deve-se tomar especial cuidado para não se gerarem elevados custos financeiros embutidos no valor das compras. Empresas também adotam práticas de não receber entregas, por exemplo, após o dia 25 de cada mês, e / ou somente receber em alguns dias da semana.  Para o indicador de contas a pagar, o prazo em dias é o mais importante e deve ser calculado para a totalidade do grupo, bem como para cada fornecedor.

Uma dica para ganhar alguns dias nos prazos de pagamentos é observar quando as notas entram e os prazos de vencimento constantes. É normal uma nota ser emitida numa certa data, mas a mercadoria ser entregue alguns dias depois. Como os prazos de pagamentos contam a partir da emissão das notas, uma boa prática consiste em pedir prorrogação no prazo ocorrido entre a data de faturamento e a efetiva data de recebimento do produto.

- Estoques

Esse terceiro elemento do "Working Capital" e em algumas empresas assumem cifras enormes. As empresas devem calcular os estoques em dias ( giro dos estoques ) para a totalidade dos estoques e também por ítem. Sempre tive a prática de preparar uma lista ordenada pelo giro dos estoques, do maior para o menor. Ao fazer isso, os estoques com giros enormes, chegando a anos, se destacam o que facilita a identificação de itens praticamente apodrecendo nos estoques e com vendas mínimas. Empresas organizadas costumam efetuar provisões para estoques com volumes excessivos, e possuem normas para tais provisões. Como por exemplo todo estoque com giro previsto para mais de 1 ano, são provisiondos 100% como perdas.

É comum encontrarmos nos estoques diversos tipos de estoques com problemas e que muitas vezes permanecem estocados sem nenhuma ação. São exemplos de produtos estocados com problema, ou com giro baixo: produtos que tiveram a prescrição alterada sem esgotar estoques anteriores, produtos com compras excessivas para baratear custos, produtos com previsões de vendas que não se concretizaram, novos produtos lançados que foram fracassos de vendas, produtos feitos sob encomenda com pedidos cancelados, etc.

Importante ressaltar que manter produtos estocados que nunca serão utilizados, nem efetuar provisões para perda é falta de responsabilidade. No entanto, isso acontece com alguma frequência

Como obter um Working Capital Saudável


O working capital pode ser medido em valores totais, ou como porcentagem da venda anual, ou até mesmo em dia.Como porcentagem da venda anual, um bom número a ser alcançado é um WC de 1 dígito, ou seja, inferior a 10%, no entanto, quanto menor melhor.
Um bom working capital requer boas práticas no Contas a Receber, Contas a Pagar e nos Inventários e não é nada fácil de se obter. requer foco, competência, bom sistema de gestão e uma equipe competente. Mas não há alternativas e o BOM GERENCIAMENTO é essencial, e o MAU GERENCIAMENTO é fatal.